O dia 8 de agosto é o Dia Nacional do Combate ao Colesterol Elevado, um assunto que apesar de ser amplamente debatido na área de saúde, ainda causa muitas dúvidas na população. Neste texto, explicaremos o que é o colesterol e quais os principais cuidados que se deve tomar em relação a ele.

O que é colesterol?

O colesterol é uma gordura produzida no nosso fígado e que exerce importantes funções. Uma parte dele – a menor – provém dos alimentos que ingerimos. As lipoproteínas, são substâncias responsáveis por levar essa gordura para as células de todo o nosso organismo, para serem utilizadas como uma espécie de combustível. A gordura é realmente importante para o corpo? Sim. O colesterol é o grande responsável pela produção de vitamina D, hormônios sexuais, ácidos biliares e cortisona.

Portanto, o colesterol é essencial para nossas vidas. Porém, existe o colesterol bom (HDL), que pode inclusive proteger contra as doenças cardíacas, e o colesterol ruim (LDL), que pode causar essas doença. O excesso de colesterol se fixa nas paredes das artérias, podendo entupi-las, e assim provocar ataques cardíacos ou infartos.

A alimentação é um fator chave no tratamento do colesterol elevado, mas devemos destacar que cerca de 30% do nosso colesterol é obtido pelos alimentos e 70% provém de produção pelo nosso organismo, independente do que comemos.

Excesso de peso e colesterol elevado

Devemos destacar que o excesso de peso nem sempre significa excesso de colesterol ruim (LDL) no nosso organismo. Pessoas magras também devem cuidar das taxas. Mesmo com pouco peso, se sua família tiver colesterol elevado, você pode ter também. É a chamada dislipidemia familiar.

É importante controlar outros fatores de risco tais como a glicose, pressão, hábito de fumar e o peso, quando esses fatores contribuírem para o excesso de LDL. Um estilo de vida saudável é uma medida importante para o controle do colesterol, reduzindo a possibilidade de infarto e AVC.

Alimentos e Colesterol

Os alimentos que devemos ter cuidado, como gorduras saturadas, são derivados do leite, frituras, vísceras, mariscos, pele de carnes das aves, embutidos, carnes, bacon e manteiga, entre outros.

Por outro lado, ingerir fibras solúveis como aveia, flocos de milho, frutas e verduras, pode ser uma forma eficaz ajudar a reduzir o LDL. Peixes também são recomendáveis, e se o objetivo for reduzir o consumo de gorduras saturadas, neste caso é melhor trocar oslaticínios integrais por aqueles sem gordura.

Quem deve cuidar do colesterol?

Crianças e adultos devem se preocupar com seu colesterol e dosar suas frações e, caso haja um alto índice, procurar um especialista. Desta forma a prevenção e o tratamento podem ser indicados. O propósito é conseguir um estilo de vida saudável, com níveis de colesterol controlados sem a necessidade de medicamentos.

O tratamento adequado do colesterol reduz a taxa de mortalidade por infarto. Quando se trata da sua saúde e do seu colesterol, o mais importante é sempre optar por um tratamento adequado e o acompanhamento do seu médico.

 

LPC Resultado de Exames

RESULTADO
DE EXAMES