Sabe-se que ainda existe muito tabu e preconceito em relação ao cuidado do homem com sua saúde. Por isso, é celebrada nesse mês a campanha Novembro Azul: 30 dias voltados para a conscientização sobre doenças que acometem os homens e que podem ser facilmente preveníveis.

Abaixo, listamos três cânceres que, se tratados em seu início, as chances de cura são altíssimas. Cuide-se! 

Câncer de Próstata

Sendo o segundo tumor mais prevalente entre homens no Brasil. Seu diagnóstico pode ser realizado através de exames específicos. Normalmente, o primeiro exame a ser realizado para o diagnóstico é o de toque retal. Se for detectada alguma anormalidade, são realizados outros exames, como dosagem de PSA, biópsia etc. Os homens que mais precisam estar atentos são aqueles com fatores de risco como: hereditariedade, idade avançada (o risco aumenta conforme a idade) e obesidade. Para preveni-lo, é necessário realizar exames periodicamente, principalmente a partir dos 50 anos, e mudar hábitos de vida, como realizar atividades físicas e alimentar-se corretamente. Alguns de seus sintomas são: dificuldade e dor ao urinar, sensação de não esvaziamento da bexiga, dor nas costas e/ou pélvis, sangue na urina e/ou esperma, problemas em conseguir manter a ereção, dentre outros. Nas fases mais avançadas, pode provocar dores ósseas, infecção generalizada ou insuficiência renal.

Câncer de Pênis

O câncer de pênis, como o próprio nome já diz, é um tumor maligno localizado no órgão sexual masculino. Ele se desenvolve de maneiras diferentes, podendo ser de pele, vasos sanguíneos, glândulas, dentre outros. A sua manifestação clínica mais comum é o aparecimento de feridas ou úlceras persistentes, e uma secreção saindo do pênis. A confirmação é realizada a partir de exames ou biópsias. Homens com fimose, ou que tem relações sexuais sem o uso do preservativo e com precaria higiene e limpeza diária do órgão devem ficar atentos para seu possível aparecimento. Para preveni-lo, além de manter uma boa higiene do pênis, é importante utilizar preservativos e, em alguns casos, quando indicado, realizar a cirurgia de fimose. A vacinação contra HPV, virus associado tambem ao cancer de penis, tambem eh uma medida preventiva. Porém, a auto observação é um fator muito importante, pois assim é possível localizar lesões ou alterações, por menores que sejam. Alguns dos seus sintomas são alteração do membro, como cor, espessura e o aparecimento de lesões e úlceras. Podem aparecer também secreções, nódulos e ganglios na área da virilha. O tratamento é específico, pois depende do estágio da doença e da localização do tumor. Ele pode ser cirúrgico e/ou através de quimioterapia e radioterapía.

Câncer de Testículo

É um crescimento anormal das células desse órgão, sendo capaz de causar metástase para outros órgãos do corpo. Esse tipo de câncer é um dos mais curáveis do homem. O diagnóstico é dado através de exames de sangue, ultrassonografia e/ou ressonância magnética. Trauma no local, historia familiar e criptorquidia (não descida de um ou dois testículos da cavidade abdominal), sao fatores de risco para a doença. A melhor forma de prevenção é através do auto exame e atenção aos seguinte sintomas: massa na região escrotal e endurecimento dos testículos. Na maioria dos casos, o tratamento indicado é uma das seguintes ou a combinação delas: cirurgia, quimioterapia, radioterapia e remoção dos testículos.

LPC Resultado de Exames

RESULTADO
DE EXAMES