O câncer de mama é o segundo câncer mais comum entre as mulheres do Brasil e do mundo. Seu aparecimento pode advir de diversas causas, sendo a principal delas a idade da paciente. Alguns outros fatores são obesidade após a menopausa, sedentarismo, ingestão de bebida alcoólica e alimentos ultra processados, além de histórico familiar e utilização de reposição hormonal. A doença pode ser facilmente detectada em suas fases iniciais, o que facilita o tratamento e aumenta as chances de cura.

Os principais sintomas do câncer de mama são nódulos fixos nos seios, axilas e pescoços, alterações nos mamilos, saída de líquido anormal das mamas e pele do seio avermelhada e retraída. Como os sintomas podem ser visíveis, é importante estar sempre atenta ao próprio corpo, para que, ao surgimento de qualquer alteração, um especialista seja procurado.

Na década de 1990, em Nova Iorque, nos Estados Unidos, foram dados os primeiros passos para o que viria a se tornar o movimento internacional Outubro Rosa. Ele iniciou-se com a Corrida pela Cura, evento que visava chamar a atenção para a realização de exames, de toque e mamografias, com o objetivo do diagnóstico precoce. A partir daí, algumas entidades nos EUA passaram a utilizar o mês de outubro para gerar visibilidade para o tema. A campanha passou a ser simbolizada por um laço rosa, utilizado por diversas pessoas e entidades , além da iluminação de prédios públicos para demonstrar apoio à causa.

No Brasil, a campanha começou alguns anos depois de seu início nos EUA, em 2002. O primeiro grande ato ocorreu em São Paulo, quando o monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista foi iluminado de rosa. Em 2008 a campanha ganhou grande visibilidade quando, pela primeira vez, o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, foi iluminado de rosa. De lá para cá, o Outubro Rosa vem crescendo cada vez mais, ganhando diversos adeptos no país.

O Ministério da Saúde realiza campanhas anualmente sobre a prevenção do Câncer de Mama, incentivando as mulheres a realizarem exames e procurarem tratamento. Hoje em dia, a campanha cresceu a ponto de englobar diversos outros cuidados com a saúde da mulher, como a prevenção do HPV, causador do câncer do colo de útero, por exemplo.

LPC Resultado de Exames

RESULTADO
DE EXAMES