O Brasil por muito tempo ficou conhecido como um país com um dos maiores programas públicos de vacinação do mundo, com os principais imunizantes disponíveis gratuitamente a todos. Esse panorama positivo agora corre o risco de cair, já que cresce no país grupos que se recusam a se vacinar e até a vacinar os filhos. Esse movimento tem acontecido também fora do Brasil e foi apontado como um dos principais fatores responsáveis por um surto de sarampo na Europa nos últimos dois anos.

Tais grupos estão se fortalecendo por meio de redes sociais, com páginas e usuários que postam sobre supostos efeitos colaterais das vacinas, sem nenhuma base científica. Os riscos de não cumprir o calendário de vacinação, seja de crianças ou de adultos, são muitos. Quem está desprotegido corre sério risco de se tornar vítima de doenças, e ficar com sequelas graves ou até ir a óbito. Além disso, quem não se vacina, pode passar as doenças contraídas a outras pessoas desprotegidas, e um surto pode se iniciar no nosso país novamente.

A queda nas coberturas vacinais brasileiras se iniciaram em 2016 e de lá pra cá doenças já erradicadas voltaram a ser motivo de preocupação para os profissionais da área de saúde. O sarampo, por exemplo, já foi confirmado em alguns estados do Brasil neste ano de 2018, sendo que o país já havia recebido um certificado de eliminação do vírus. O alerta do Ministério da Saúde é que a aplicação de todas as vacinas do calendário adulto está abaixo da meta, incluindo a dosagem que protege contra o sarampo. Entre as crianças, a situação não é diferente, tendo em vista que em mais de 300 municípios menos de 50% dos pequenos foram vacinados contra a poliomielite, por exemplo.

Caso a cobertura vacinal no Brasil não aumente, sobretudo entre crianças, doenças já erradicadas podem voltar a circular. Os lugares que tem menos de 90% das pessoas vacinadas não são considerados protegidos e as doenças correm o risco de se espalhar. Se vacinar não é questão apenas de se proteger, é proteger quem está ao seu lado, seja seu amigo ou seu familiar. É proteger toda uma comunidade de pessoas. Você cuida da sua saúde e da saúde de quem está em volta.

Seja esperto! Se proteja e proteja sua família. No Laboratório LPC, você pode se vacinar contra várias doenças. Basta checar nossa página de vacina e escolher a unidade mais próxima ou solicitar atendimento domiciliar!

 

LPC Resultado de Exames

RESULTADO
DE EXAMES