1. A doença

A imunoglobulina Anti-Rh0 (D) é administrada para a prevenção da imunização Rh(D) em mulheres Rh negativas.

Possíveis indicações:

  • Prevenir a imunização devido a uma hemorragia feto-maternal espontânea durante o último trimestre de gravidez.
  • Prevenir a imunização da mãe Rh(D)-negativa após o parto de uma criança Rh(D)-positiva.
  • Prevenir a imunização devido a intervenções durante a gravidez, como diagnose pré-natal invasiva (ex: amniocentese, amostragem da vilosidade coriônica, amostragem do sangue fetal) ou outros procedimentos intra-uterinos e aborto terapêutico. Incidentes durante a gravidez, tais como hemorragia anteparto, aborto espontâneo, gravidez com ruptura tubal, gravidez ectópica, natimortos, morte intra-uterina e trauma abdominal. 

 

2. A vacina

Nomes comerciais: Matergan, Rhogan, Partogama.

Via: intramuscular.

Esquema: a critério medico. Para a aplicação é necessária a apresentação de requisição médica que deve ser retida no laboratório.

  • Profilaxia de rotina anteparto: Dose única entre as semanas 28 e 30 de gestação.
  • Profilaxia pós-parto: Dose única logo após o parto, não excedendo 72 horas pós-parto.
  • Profilaxia seguida de complicações na gravidez: de acordo com a orientação medica. 

 Obs.: 

  • No caso de uso pós-parto, a imunoglobulina anti-Rh0 (D) é para administração maternal. Não deve ser administrada ao recém-nascido.
  • Indicado apenas para mulheres Rh negativas.
  • O produto NÃO é para uso em indivíduos Rh(D)-positivos.

 

 3. Contraindicações/reações adversas 

  • Recomenda-se adiar a vacinação na vigência de doença aguda associada a comprometimento do estado geral, acompanhada ou não por febre.
  • A vacina esta contra indicada em caso de alergia grave a algum componente da vacina.
  • A administração de imunoglobulina pode prejudicar a eficácia de vacinas virais tais como sarampo, caxumba, rubéola ou varicela durante um período de tempo de seis semanas a seis meses. Desta forma, vacinações devem ser adiadas. Caso a vacinação deva ser realizada, sua eficácia deve ser testada.
  • Como geralmente ocorre na administração de preparações de imunoglobulina, reações alérgicas moderadas e passageiras, incluindo as sensações de calor, dor de cabeça, calafrios e náuseas, podem ocorrer ocasionalmente. Desconforto no local da injeção ou um aumento transitório na temperatura podem ocorrer.
LPC Resultado de Exames

RESULTADO
DE EXAMES